App Importador Da Receita Federal

App Importador Da Receita Federal

Veja tudo sobre o App Importador – É o novo aplicativo criado pela Receita Federal, para facilitar os usuários com o andamento de suas importações.

Sendo assim, Receita Federal ou Secretaria da Receita Federal é um órgão subordinado ao Ministério da Fazenda.

Entretanto, ela tem como responsabilidade a administração dos tributos federais e o controle aduaneiro.

Assim, além de atuar no combate à sonegação, contrabando, pirataria e tráfico de drogas e animais.

No entanto, afim de agilizar o tempo das importações e tornar mais fácil o acesso e acompanhamento dos usuários, a Receita Federal criou o aplicativo Importador.

Portanto, esse aplicativo da Receita Federal ajuda os usuários a consultarem taxas, fazer rastreio, legislações e tudo que precisa saber para fazer suas importações.

Então, neste artigo iremos falar sobre este aplicativo.

Veja o que temos sobre App Importador da Receita Federal:


receita federal importação

O que é o App Importador

Primeiramente, Importador é o aplicativo da Receita Federal do Brasil para Android e iOS que informa sobre importação de mercadorias.

Saiba como declarar importação, acompanhar a entrega do produto importado, ser avisado automaticamente quando houver mudança na situação, simular importação de mercadoria calculando os impostos, etc.

Além disso, você pode baixar o aplicativo da Receita Federal em smartphones Android e IOS , basta acessar a Apple Store ou o Google Play.

Portanto, se você está acessando nosso site pelo celular com sistema Android basta clicar aqui para fazer o download do app importador no Google Play.

Além disso, se você está acessando nosso site pelo celular com sistema IOS, basta clicar aqui para fazer o download do app importador no App Store.

radar importação receita federal

O que é a Receita Federal

Em primeiro lugar, a Receita Federal, ou Secretaria da Receita Federal é um órgão subordinado ao Ministério da Fazenda.

Ela tem como responsabilidade a administração dos tributos federais e o controle aduaneiro.

Além disso, é responsável também pela administração dos tributos de competência da União, inclusive os previdenciários, e aqueles incidentes sobre o comércio exterior, abrangendo parte significativa das contribuições sociais do País.

Também subsidia o Poder Executivo Federal na formulação da política tributária brasileira.

Portanto, ela previne e combate à sonegação fiscal, o contrabando, o descaminho, a pirataria, a fraude comercial, o tráfico de drogas e de animais em extinção e outros atos ilícitos relacionados ao comércio internacional.

A Secretaria da Receita Federal (SRF) foi criada pelo decreto nº 63.659, de 20 de novembro de 1968, substituindo a Diretoria-Geral da Fazenda Nacional, criada por Getúlio Vargas, em 1934.

Com a lei nº 11.457, de 16 de março de 2007, ocorreu a extinção da Secretaria da Receita Previdenciária (SRP), sendo criada a Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB).

Portanto, o novo órgão foi apelidado pela imprensa de “Super Receita”.

Além do App Importador veja o Vídeo ensinando consultar Situação Fiscal

O que é importação Receita Federal

A importação Receita Federal, é o ingresso seguido de internalização de mercadoria estrangeira no território aduaneiro.

Entretanto, em termos legais, a mercadoria só é considerada importada após sua internalização no país, por meio da etapa de desembaraço aduaneiro e do recolhimento dos tributos exigidos em lei.

Assim, o processo de importação pode ser dividido em três fases: administrativa, fiscal e cambial.

A fase administrativa se refere aos procedimentos e exigências de órgãos de governo prévios à efetivação da importação e variam de acordo com o tipo de operação e de mercadoria, trata-se do licenciamento das importações.

A fase fiscal compreende o tratamento aduaneiro, por meio do despacho de importação.

Que é o procedimento mediante o qual é verificada a exatidão dos dados declarados pelo importador em relação às mercadorias importadas, aos documentos apresentados e à legislação específica.

No entanto, essa etapa ocorre em recintos próprios, logo após a chegada da mercadoria no Brasil, e inclui o recolhimento dos tributos devidos na importação.

Após a conclusão do desembaraço aduaneiro, a mercadoria é considerada importada e pode ser liberada para o mercado interno.

Já a fase cambial diz respeito à operação de compra de moeda estrangeira destinada a efetivação do pagamento das importações.

Assim, sendo processada por entidade financeira autorizada pelo Banco Central do Brasil a operar em câmbio.

consulta declaração de importação receita federal

Que serviços estão disponíveis no App Importador

Após baixar o aplicativo da Receita Federal você terá alguns serviços disponíveis.

Veja abaixo os serviços que estão disponíveis no App Importador:

  • Consultar informações sobre o Conhecimento de Carga e sobre a Declaração de Importação;
  • Acompanhar Conhecimento de Carga e Declaração de Importação e ser avisado quando houver mudança em sua situação;
  • Simular a importação de uma mercadoria, calculando os impostos devidos e informando o tratamento administrativo necessário à importação;
  • Acessar a tabela de NCM (Nomenclatura Comercial do Mercosul);
  • Testar conhecimentos sobre o processo de importação de mercadorias (Quiz).

Veja mais sobre Receita Federal – Clique aqui.

Portanto, se o artigo foi interessante para você, dê seu VOTO e em seguida COMPARTILHE com seus amigos. Assim, estará ajudando mais pessoas com essas informações.

Veja também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Politica de Privacidade
error: Conteúdo protegido por direito autoral!!