Importação Correios Receita Federal

Importação Correios

Veja tudo sobre Importação Correios – Correios e Receita Federal, criaram uma parceria para facilitar as importações de objetos de pequeno valor.

Sendo assim, criaram uma plataforma eletrônica, que irá garantir celeridade e comodidade no recebimento de remessas internacionais.

Assim, irá proporcionar maior segurança tanto para quem compra, quanto para quem vende.

Entretanto, importar objetos nem sempre é uma tarefa fácil, principalmente quando ele é taxado pela Receita Federal.

Lembrando que, a Receita Federal, é o órgão responsável por importações e exportações no Brasil.

Portanto, recebem os produtos importados e após a verificação de valores, colocam uma taxa sobre eles ou não.

No entanto, essa taxa dependerá do valor do produto, por lei, são produtos acima de U$ 100,00 e o valor da taxa é de 60% do valor do produto.

Então, neste artigo vamos mostrar tudo sobre o assunto e falar do novo sistema implantado pelo Correio e a Receita Federal.

Veja o que temos sobre Importação Correios:


importação correios

Como funciona importação Correios Receita Federal

Os Correios e a Receita Federal, lançaram uma nova logística para a importação e exportação de encomendas no Brasil.

O novo sistema, simplifica o pagamento de taxas e garante mais comodidade, para que o destinatário não precise pagar e retirar sua compra na própria agência.

Lembrando que, quem importa, sabe que está sujeito a pagar taxas para a Receita Federal, de acordo com o valor do produto.

No entanto, por lei, as taxas são 60% do valor do produto e apenas em produtos acima de U$ 100,00.

Ou seja, por lei, produtos abaixo desse valor, não podem ser taxados.

Vale lembrar, que principalmente eletrônico, a taxa de importação além de alta, é geralmente uma dor de cabeça.

Além disso, os impostos sobre a encomenda, antes precisavam ser pagos em uma agência dos Correios em dinheiro, para que seu pacote fosse liberado.

Entretanto, muitas vezes o destinatário tinha de ir buscar suas compras nas agencias.

taxa de importação correios

Plataforma minhas importações

A nova plataforma Minhas Importações, integra os sistemas dos Correios e Receita Federal.

Sendo assim, o serviço de correios do país de origem da encomenda, poderá enviar as informações do objeto postado direto aos Correios no Brasil e automaticamente, para a Receita Federal.

Assim, com o novo site, o importador tem acesso detalhado de todos procedimentos da encomenda.

Além disso, a nova plataforma eletrônica, disponibiliza mensagens detalhadas com informações sobre o status de todas as suas encomendas e correspondências internacionais, incluindo um histórico das importações realizadas nos últimos 6 meses.

E, também pelo site, é possível fazer pagamentos de impostos e serviços, além de enviar documentos complementares e fazer solicitações de revisão de tributos.

Lembrando que, o pagamento pode ser feito por cartão de credito ou boleto, o que antes não era possível, pois como era feito diretamente nas agencias dos Correios, eles só aceitavam dinheiro em espécie.

Contudo, logo após a confirmação de pagamento por parte dos Correios, a encomenda será encaminhada diretamente ao endereço do destinatário, sem a necessidade de ser retirada na agência.

correios importação

Como utilizar o sistema importação Correios

Para que você possa utilizar esse novo sistema dos Correios e da Receita Federal, é preciso fazer um cadastro.

Sendo assim, para isso acesse o site abaixo:

https://www.correios.com.br/importacoes

E, após fazer o cadastro e ter acesso ao sistema, aparecerá o código de rastreio do objeto que foi taxado.

Assim, terá as informações e o valor a ser pago.

Entretanto, se o seu objeto foi taxado, você irá abrir a DIT que é onde consta o valor a ser pago, o sistema te dará a opção de pagar pelo cartão de credito ou por boleto.

No entanto, optar pelo cartão de credito é a melhor forma, pois demora menos para liberação, pois pelo boleto leva 3 dias uteis para ser compensado.

Contudo, após pagar a taxa, o seu objeto começa a caminhar em direção a sua residência, aí é só acompanhar pelo rastreio dos correios.

Vale lembrar, que você pode fazer a pesquisa dos seus objetos, através dos códigos de rastreio ou através do seu CPF.

E, se o objeto não constar lá, provavelmente não foi taxado e logo estará em sua residência.

Além de Importação Correios veja o Vídeo ensinando consultar Situação Fiscal

Quem pode utilizar o novo serviço Minhas Importações

Podem utilizar a plataforma Minhas Importações, pessoas físicas e jurídicas.

Sendo assim, pessoas que desejam importar mercadorias com valor aduaneiro de até US$ 3.000 ou o equivalente em moeda estrangeira.

Lembrando que, o valor aduaneiro das mercadorias, é obtido pela soma do valor do item junto com o valor do frete e do seguro.

Veja mais sobre a Receita Federal – Clique aqui.

Portanto, se o artigo foi interessante para você, dê seu VOTO e em seguida COMPARTILHE com seus amigos. Assim, estará ajudando mais pessoas com essas informações.

Veja também

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Politica de Privacidade
error: Conteúdo protegido por direito autoral!!